X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

(77) 99823-5791

(77) 3441-6140

contato@radionovavidafm.com.br

Ouça a Rádio
TLM Personalização
Anuncie conosco
Anuncie Conosco

Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida e São Cristóvão, em Brumado-BA, celebra solenidade da sua Padroeira

Postado por Luciane Martins dia em Notícias

Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida e São Cristóvão, em Brumado-BA, celebra solenidade da sua PadroeiraFoto: Diego Vieira/PASCOM Brumado
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

De 09 a 12 de outubro de 2020, a Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida e São Cristóvão celebrou o tríduo e solenidade da sua padroeira Nossa Senhora Aparecida. Neste ano, o tema foi “Com a mãe Aparecida, em família, somos povo da esperança”. Durante o tríduo preparatório, na igreja matriz, das 9h às 12h e das 15h às 17h, houve a exposição do Santíssimo Sacramento e distribuição da Eucaristia e às 18h a celebração eucarística. 

Na segunda-feira (12), dia festivo, às 6h, aconteceu a alvorada de fogos; às 9h, a condução da imagem de Nossa Senhora Aparecida, saindo da Vila Presidente Vargas e passando por algumas ruas de Brumado-BA; ao meio dia, a coroação da imagem e às 18h, a Celebração Eucarística. Por conta da pandemia da Covid-19, o número de fiéis na igreja foi pouco, comparado a anos anteriores, porém toda a programação pôde ser acompanhada através das redes sociais das paróquias de Brumado-BA e pela Rádio Nova Vida Fm 87,9. 

A solenidade do dia 12 foi presidida pelo pároco da Paróquia Bom Jesus, padre Cleonídio Alves. Em sua homilia, ele lembrou que esse ano foi diferente o festejo, pois os fiéis acompanharam das suas casas, igrejas domésticas. Também salientou que estamos em um tempo de travessia e Nossa Senhora, mãe de Jesus, caminha conosco, então é necessário obedecer à mãe e cuidar uns dos outros e ser obediente aos valores cristãos, com a analogia ao evangelho do primeiro sinal de Jesus, nas bodas de Caná da Galileia.

É necessário obedecer à mãe Maria, destacou o pároco. Ela tem grande simbologia em determinados contextos sociais, como no México, com a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, ao lembrar do povo indígena perseguido e em 1717, a imagem de Maria de coloração negra, com o título de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, ao fazer referência à escravidão no Brasil. Com quaisquer títulos, Maria convida-nos a seguir Jesus, a sermos solidários ao povo sofrido, em especial, nesse tempo em que há muitos discursos, principalmente em torno das campanhas políticas, finalizou o pároco padre Cleonídio.

Após a homilia, a celebração seguiu o seu roteiro litúrgico e, ao término, o pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida e São Cristóvão, padre Sandro Lima, agradeceu a participação do padre Cleonídio e membros da Paróquia Bom Jesus, também aos seminaristas Jarbas, Anderson e Rodrigo, o empenho dos representantes das pastorais, grupos e movimentos da paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida e São Cristóvão que estiveram presentes e contribuíram direta ou indiretamente para que tudo ocorresse de acordo ao atual contexto social de pandemia. Com palmas e bastante alegria, a comunidade católica rendeu graças a Deus, por intercessão de Nossa Senhora Aparecida, por mais um ano de solenidade.

Por Priscila dos Santos / PASCOM Brumado

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: