X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

(77) 99823-5791

(77) 3441-6140

contato@radionovavidafm.com.br

Ouça a Rádio
TLM Personalização
Selma Ribeiro Assessoria em Mídias
Elite
Anuncie Conosco

Modera, Igreja Católica e APLB realizam 24º grito dos excluídos

Postado por Jailton Neri dia em Notícias

Modera, Igreja Católica e APLB realizam 24º grito dos excluídos
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Realizado pela primeira vez em 7 de setembro de 1995, o Grito dos Excluídos foi concebido para aprofundar o tema da Campanha da Fraternidade, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB. E ao longo da sua existência, o Grito passou a ter a inserção não só das pastorais sociais da Igreja Católica, como de entidades, sindicatos, grupos e movimentos sociais.

 A cada ano o Grito elabora um lema que está relacionado com a conjuntura política e a luta dos movimentos sociais. Neste Ano de 2018 o lema foi “Desigualdade gera violência: basta de privilégio”, que desperta discussões sobre o aumento da violência e da desigualdade no Brasil, tendo como exemplos o retorno do País ao mapa da fome e os 12,9 milhões de desempregados, conforme dados do IBGE.

 Em Brumado, o Grito dos Excluídos foi organizado pelas Paróquias Bom Jesus, Nossa Senhora Aparecida/São Cristovão, APLB-Sindicato e MODERA, percorrendo o circuito oficial do Sete de Setembro. Durante a manifestação foi feito um recital e as lideranças abordaram as questões de redução dos investimentos sociais pelo Estado brasileiro, a corrupção, a redução dos direitos, a Base Nacional Comum Curricular, que limita a quantidade de disciplinas obrigatórias para o estudante brasileiro e a redução das escolas públicas na zona rural, privando as suas crianças e os seus adolescentes, da possibilidade de receberem uma educação contextualizada.

Texto: Modera

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: