X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

(77) 99823-5791

(77) 3441-6140

contato@radionovavidafm.com.br

Ouça a Rádio
TLM Personalização
Anuncie conosco
Anuncie Conosco

Carreata reivindica vacinação da categoria bancária

Postado por Luciane Martins dia em Notícias

Carreata reivindica vacinação da categoria bancáriaFoto: ASCOM/Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
A mobilização aconteceu em Vitória da Conquista e contou com o apoio da população

Na manhã deste sábado (5), a categoria bancária realizou uma carreata pelas ruas da cidade de Vitória da Conquista. A ação foi mais uma forma do Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região para pautar a necessidade de vacinação de bancárias e bancários contra a Covid-19.

Mesmo sendo uma categoria essencial, que tem trabalhado sem ter parado durante essa pandemia, este setor ainda não foi incluído no Plano Nacional de Imunização (PNI), e o governo Federal segue se calando quanto a isso.

Apenas no primeiro trimestre de 2021 foram registrados 152 desligamentos por mortes na categoria bancária, alta de 176,4% na comparação com 2020, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged.

Carreata reivindica vacinação da categoria bancária

Desde março o Sindicato tem mobilizado toda a sua base territorial com campanhas de mídia e articulação junto ao poder público. Foram enviados ofícios para as cidades da base territorial do reivindicando a inclusão da categoria no plano local de vacinação e em, pelo menos, nove cidades a recepção da pauta foi positiva. No mês de maio, o movimento sindical também realizou uma reunião com o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, para debater a imunização.

 "Está carreata realizada hoje é mais uma das mobilizações que reivindica o acesso à vacinação, já que os bancários vêm trabalhando sem parar durante a pandemia. Além dessa carreata, no próximo dia 8 de junho teremos uma paralisação de 24h nas atividades para reforçar a necessidade de vacinação dos bancários, que lidam diretamente com a população e estão bastante expostos ao risco de contaminação pela Covid. As autoridades precisam ouvir o grito de socorro da categoria e apresentar um norte para a vacinação de quem tanto tem contribuído para o pagamento do auxílio emergencial e para manter a circulação financeira no país", destaca Leonardo Viana, presidente do SEEB/VCR.

SE É GRAVE É GREVE!

Na última sexta-feira (4), bancárias e bancários do SEEB/VCR, por meio da Assembleia Geral Virtual, aprovaram com 94,9% dos votos uma paralisação das atividades no setor no próximo dia 8.

O poder público tem fechado os olhos para os riscos de contaminação neste setor. Diariamente estas trabalhadoras e trabalhadores atendem milhares de pessoas todos os dias. Somente por meio dos serviços prestados por estes trabalhadores é possível garantir o pagamento do Auxílio Emergencial Federal, bem como a disponibilização do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), aposentadorias, pensões, auxílios-doença, entre outros benefícios fundamentais para a manutenção dos recursos de diversas famílias, principalmente as de baixa renda.

Diante desse cenário preocupante, a Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, junto aos sindicatos filiados organizaram a plenária regional, que contou com a presença de mais de 650 bancários e discutiu a possibilidade de greve pela vacina nos estados. Por isso, no dia 8, a paralisação na base do SEEB/VCR vai se somar às demais entidades desta região.

Por Ascom/Bancários VCR
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: