X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

(77) 99823-5791

(77) 3441-6140

contato@radionovavidafm.com.br

Ouça a Rádio
TLM Personalização
Selma Ribeiro Assessoria em Mídias
Etec
Elite

Feira de Agricultura Familiar e Economia Solidária é uma oportunidade de renda para agricultores e agricultoras da região de Brumado

Postado por Diego Fagner dia em Notícias

Feira de Agricultura Familiar e Economia Solidária é uma oportunidade de renda para agricultores e agricultoras da região de BrumadoFoto: Diego Vieira/Pascom Brumado
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Entre os dias 19 e 20 de Julho, aconteceu na Praça da Igreja Matriz de São Cristóvão, em Brumado-BA, a 2ª Feira de Agricultura Familiar e Economia Solidária da região. O evento, promovido pela Associação Divina Providência e pelo Centro Comunitário da Paróquia São Pedro de Aracatu, reúne diversos agricultores, agricultoras e artesões da região.

A proposta da feira é trabalhar a organização da produção e consolidar como um espaço solidário de compra e venda de produtos agroecológicos da agricultura familiar, artesanatos, como também oportunidade de troca de saberes e experiências, conhecimento sobre as práticas agroecológicas, plantas medicinais e terapias alternativas. É também, um encontro entre, quem produz alimentos saudáveis e quem os valoriza e consome, além de incentivar a população a consumir alimentos saudáveis.

Segundo Mena Azevedo, presidente da Associação Divina Providência “a feira foi um sucesso. Os agricultores ficaram muito satisfeitos. Fiz questão de passar em cada barraca, falar com cada um e perguntar como estava a feira e eles disseram que estava vendendo muito, hortaliças, doces, biscoitos e até artesanatos”, afirmou.

A feira ofereceu diversos produtos da agricultura familiar, como hortaliças, frutas, polpa de frutas, temperos, carne de bode, porco, frango e ovo caipira, mel de abelha, biscoitos de tapioca, farinha, goma, beiju, doces, compotas, geleias e outras delícias, além de diversos artesanatos. Todos esses produtos são produzidos em pequenas propriedades, onde o que prevalece, geralmente, são as relações familiares de trabalho.

Robério Aires, coordenador do Centro Comunitário da Paróquia São Pedro, destaca a participação das escolas, dos estudantes e da população em geral. “É o povo se preocupando com o consumo de produtos de qualidades, produtos sem agrotóxicos, ou seja, produtos de primeira linha” e agradece o apoio de todos.

Reisado, celebração do novenário, cordel, poesia e muita música, com Gil Martins, da cidade de Guanambi, encerraram as atividades do 1º dia. No dia seguinte, os visitantes tiveram a oportunidade de participar das rodas de conversas sobre: Alimentação alternativa e plantas medicinais; Exploração Mineral e seus impactos; Agroecologia e Segurança Alimentar e Criação de galinha caipira. O evento encerrou com a celebração do novenário em louvor a São Cristóvão, dirigida pelo padre Osvaldino Barbosa, presidente da Cáritas Diocesana e concelebrada pelo padre Jordano Viana.

O projeto foi realizado em parceria com a Cáritas Diocesana de Caetité, as Pastorais: da Educação, da Criança, Catequese, e Comunicação, além do apoio da CESE (Coordenadoria Ecumênica de Serviço) e da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e São Cristóvão e Paróquia Bom Jesus.

Texto: Luciane Barros / Pascom - Brumado

 

Fotos: Diego Vieira Zilmar Santana/Pascom Brumado

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: