X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

(77) 99956-0325

(77) 3441-6140

contato@radionovavidafm.com.br

Ouça a Rádio
TLM Personalização
Selma Ribeiro Assessoria em Mídias
Etec
Elite

Colmeia: Do Projeto Criança Feliz, casa de apoio para receber pessoas em tratamento de saúde é inaugurada

Postado por Jailton Neri dia em Notícias

Colmeia: Do Projeto Criança Feliz, casa de apoio para  receber pessoas em tratamento de saúde é inauguradaFoto: Marcson Silva-Integrantes do Projeto Colmeia em entrevista no Programa Canta A Vida com Selma Ribeiro
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Na ultima sexta-feira (2) foi inaugurada a Casa Colmeia, uma casa de apoio do Projeto Criança Feliz da 1ª Igreja Batista Missionária, para pessoas que estão em tratamento de saúde no Hospital de Brumado e suas famílias. Participaram do momento o pastor Ângelo Mário e todos envolvidos na administração do local.

A casa tem capacidade para hospedar dez pessoas ou cinco famílias, ou seja, o paciente e um dos seus familiares ou acompanhante. Essas pessoas são regularizadas pelo hospital e encaminhadas pela assistência social da unidade, sendo o único meio de acessar a casa. O objetivo da casa é ampliar cada vez mais o atendimento.

Segundo o pastor Ângelo Mário, a ideia da Colmeia é oriunda da Igreja Batista de Itapetinga, coordenada pelo pastor Dorgival, e alguns pessoas da Igreja de Brumado que estiveram na cidade de Itapetinga e retornaram para Brumado com seu ente querido restaurado, compartilharam a ideia de abrirem uma casa em Brumado. “As igrejas batistas de Brumado abraçaram o projeto e através dos parceiros tornamos a Casa Colmeia uma realidade”, contou o pastor.

Outro objetivo do Projeto Criança Feliz, conhecido pela Maratoninha, é oferecer o Café Solidário para as famílias que são atendidas na Clínica de Hemodiálise e estão desprovidas de recursos financeiros.

Os gastos iniciais da Casa são com aluguel, conta de água, conta de luz, alimentação e produtos de higiene. “Estamos fazendo o levantamento por ser o primeiro mês que estamos na casa, mas o custo é pequeno diante da grandeza do trabalho social que estamos prestando a comunidades circunvizinhas”, ressaltou o pastor Ângelo Mário.

Para quem deseja contribuir com o projeto e com a Casa Colmeia através de doações em alimento, em dinheiro, procurem a assistente social, Leila e a gerente administrativa, Tati.

Texto: Fabiano Neves

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: